Credz faz leilão e se alia à Visa para atacar varejo

Credz faz leilão e se alia à Visa para atacar varejo

Coluna do Broadcast

26 Setembro 2018 | 04h00

Depois de promover uma disputa entre as bandeiras de cartões, a Credz, que tem integrantes da família Zogbi entre seus sócios, escolheu a Visa como parceira no Brasil para explorar o varejo de médio porte. A marca internacional disputou o contrato, de dez anos prorrogáveis por igual período, com as concorrentes MasterCard e Elo – esta última, de Bradesco e Banco do Brasil. Levou quem fez a melhor oferta financeira pela parceria. O duelo final foi disputado entre Visa e Elo. Sobre a disputa, a Credz não quis comentar.

Na mira. A união de forças entre Credz e Visa tem como alvo empresas com faturamento anual entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão para a oferta dos chamados cartões próprios ou private label. A diferença nos plásticos que serão emitidos pela parceria é o fato de serem co-branded, ou seja, com duas marcas além do varejista parceiro. Juntas, Visa e Credz, que anunciam amanhã, 26, o primeiro negócio entre as bandeiras no País, vão acirrar a concorrência com outros players que atuam junto ao varejo, principalmente a Cetelem, além de nomes como DMCard, Sorocred e CredSystem.

Dobra a meta. Os cerca de 1 milhão de cartões já emitidos pela Credz devem migrar para bandeira Visa até o primeiro semestre de 2019. Com o empurrão de uma marca internacional, a bandeira local focada no varejo espera dobrar o seu faturamento mensal em um ano, atualmente em R$ 100 milhões. Outra meta é ter um novo parceiro por mês, elevando a gama atual que já conta com nomes do setor de construção, têxtil e até mesmo escola de idiomas. Atualmente, são 48 parceiros e outros dois contratos devem ser fechados ainda este ano, mas com maior volume de faturamento do que a maioria dos atuais.

Jogo de interesses. Além da união de forças para atrair o varejo de médio porte no Brasil, do lado da Credz, que ainda tem como sócio José Renato Simões Borges, o casamento adiciona uma dose parruda de aceitação e tecnologia aos usuários de seus cartões. Já por parte da Visa, a parceria, a primeira que a bandeira internacional firma no País com uma marca local, abre uma via para acelerar seu crescimento no setor varejista.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real

Mais conteúdo sobre:

VisaElo