Custo menor faz crescer pedidos de arbitragem na Câmara Brasil-Canadá

Custo menor faz crescer pedidos de arbitragem na Câmara Brasil-Canadá

Matheus Piovesana

27 de abril de 2021 | 05h20

O momento de pandemia e crise econômica impulsionou os pedidos de arbitragem no Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CAM-CCBC): houve alta de 23% nos pedidos de novos procedimentos entre janeiro e março, na comparação com o mesmo período de 2020. O que mais colaborou para esse aumento foi a migração dos processos para o modo remoto, que derrubou os custos em até 92%.

Com a maior parte dos processos acontecendo de maneira virtual, não há necessidade de deslocamentos, aluguel de salas ou envio de documentos pelo correio, despesas que saem de um fundo que as partes devem criar. Os processos arbitrais têm ainda outros custos, como taxas e honorários, que tomam por base o valor em disputa.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 26/04, às 17:51.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

arbitragemcamara brasil-canadaempresas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.