Cyrela lança linha ‘econômica prime’ para baixa e média rendas

Cyrela lança linha ‘econômica prime’ para baixa e média rendas

Circe Bonatelli

23 de setembro de 2021 | 05h35

Como suas concorrentes, Cyrela busca reduzir exposição ao Casa Verde e Amarela  Foto: Werther Santana/Estadão

A Cyrela Brazil Realty está fazendo um ajuste em seu portfólio de empreendimentos imobiliários para contornar o aumento nos custos de construção e, ao mesmo tempo, avançar em um segmento pouco explorado nas capitais. A Vivaz, marca do grupo para consumidores de renda média e baixa, está lançando a linha ‘prime’, com apartamentos na faixa de R$ 240 mil a R$ 500 mil.

Com isso, a Vivaz deixará de atuar exclusivamente dentro do programa Casa Verde e Amarela, no qual as unidades custam menos de R$ 340 mil nas capitais. No médio prazo, a ideia é que a linha ‘prime’ responda por um terço do portfólio da Vivaz.

A estratégia por trás desse movimento é atuar em um segmento com margens mais folgadas do que dentro do programa habitacional, que teve a rentabilidade afetada pela disparada nos custos do materiais. O Índice Nacional de Custos de Construção (INCC) cresceu 17% nos últimos 12 meses.

Além disso, a Vivaz quer abocanhar o segmento de médio padrão, que ficou parcialmente desatendido nos últimos anos, já que as incorporadoras deram preferência para os projetos de alto padrão e maiores margens.

Diversificação do portfólio

A Cyrela se junta a um time de empresas como MRV, Direcional, Plano & Plano e Eztec, entre outras, que diminuíram sua exposição ao Casa Verde e Amarela e diversificaram o portfólio diante do aumento dos custos de construção. Há também a visão de que os juros baixos dos financiamentos abrirem novas oportunidades de negócios no mercado de médio padrão.

O grupo Cyrela agora cobrirá todos os públicos do mercado imobiliário com a marca Vivaz (baixa e média renda), Living (média e média-alta renda) e a própria marca Cyrela (alta renda e luxo).

O primeiro projeto da Vivaz Prime em São Paulo abriu seu estande de vendas na Chácara Santo Antônio, na zona Sul, com apartamentos de 34m² a 44m². O próximo projeto na capital paulista será no Socorro, entre Santo Amaro e Interlagos. Diferentemente da linha ‘clássica’ da Vivaz, os produtos ‘prime’ terão itens como suíte, varanda e vaga de garagem, além de mais lazer no condomínio.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 22/09/2021 às 08h15.

Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.