De olho no lance, grupo da RJ Investimentos atrai agente da Fifa como sócio

De olho no lance, grupo da RJ Investimentos atrai agente da Fifa como sócio

Marcelo Mota

17 de fevereiro de 2022 | 05h40

Vista aérea do estádio do Maracanã; mercado do futebol está aquecido    Foto: Wilton Júnior/Estadão

Não é só no futebol em si que a janela de contratações está aberta. De olho no mercado da bola, superaquecido com a negociação de clubes, a RJ Investimentos resolveu trazer um reforço de peso para o seu time, Léo Rabello. Detentor da primeira licença conferida pela Fifa para atuar como agente de futebol no Brasil, é ele o nome por trás de muitas das negociações de jogadores brasileiros, dentro e fora do País. Na RJ, Rabello chega com destaque, direto para o time principal, como sócio da RJ Capital, uma das empresas do grupo. O valor da transação não foi revelado, nem a cota que ele assume no capital.

A RJ quer mais que dobrar até o fim do ano o patrimônio que assessora, para R$ 5 bilhões, e conta com Rabello em campo para alcançar a meta, atraindo bons negócios relacionados a futebol.  A assessoria vai se propor a cuidar dos investimentos de craques próximos ao empresário, mas também estará atenta a oportunidades como clubes convertidos em Sociedades Autônomas do Futebol (SAF) para serem postos à venda.

A RJ não pretende, porém, amealhar de imediato recursos de investidores para capitanear a aquisição de uma SAF. Segundo o responsável pela atração de Rabello, Eduardo Vasconcelos, head de Expansão da RJ e ele mesmo ex-jogador de futebol de salão, a ideia é prover toda a estrutura para escorar um eventual investidor que queira assumir um clube.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 16/02/22, às 15h06.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.