Debênture incentivada para projeto solar sertão I atrai demanda de 4 vezes

Debênture incentivada para projeto solar sertão I atrai demanda de 4 vezes

Coluna do Broadcast

25 Setembro 2018 | 04h00

O projeto para a geração de energia fotovoltaica pelo Sertão I Solar atraiu grande demanda para as R$ 130 milhões de debêntures incentivadas que serão sua única fonte de financiamento. O volume de ordens de interessados nos papéis, com vencimento em 14 anos, superou os R$ 550 milhões. Diante da procura, o prêmio que compõe a taxa de remuneração oferecida aos investidores, referenciada na variação do NTN-B 2026, caiu de 2,40% para 1,20%. O projeto está localizado no município de João Costa, no Piauí, e está operacional desde setembro de 2017. O Sertão I tem como controladores a Global Power Generation, braço de investimentos em geração de energia fora da Europa da Naturgy Energy Group, com 85% de participação, e pela PVH Brasil (15% de participação).

Comemorada. A colocação está sendo bastante comemorada no mercado, por sinalizar que os investidores estão interessados em projetos, mostrando um mercado mais amadurecido. Normalmente, os investidores preferem correr o risco da empresa emissora do que de um projeto. Nesse sentido, essa operação tem ainda outro diferencial. Ao contrário de outras poucas emissões feitas com risco de projeto solar, as debêntures do Sertão I Solar não carregam garantias.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real

Mais conteúdo sobre:

energiadebêntures