Demanda por crédito da micro e pequena empresa de varejo cresce em julho

Demanda por crédito da micro e pequena empresa de varejo cresce em julho

Economia & Negócios

31 Agosto 2018 | 04h00

As micro e pequenas empresas do setor de varejo e serviços estão demonstrando mais apetite por crédito. Em julho, o indicador que mede a intenção desse público em contratar empréstimo registrou alta de 3,4 pontos ante junho, conforme dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), que serão divulgados hoje, dia 31.

Melhorou.

Em uma escala de zero a 100, o resultado de julho foi de 22,8 pontos, o valor máximo desde o início da série histórica. Pela metodologia, quanto mais próximo de 100, maior é a probabilidade de os empresários procurarem crédito.

Nem tanto.

Apesar da melhora, somente 14% dos micro e pequenos empresários consideram a possibilidade de contratar crédito pelos próximos três meses, enquanto 73% dos entrevistados descartam a ideia. Dentre os que pretendem tomar empréstimos, 37% querem usar os recursos para capital de giro (37%) e 22% para pagar dívidas.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real