Demanda por testes de covid-19 avança 22% em dezembro, no Fleury

Demanda por testes de covid-19 avança 22% em dezembro, no Fleury

Circe Bonatelli

13 de janeiro de 2021 | 05h05

Foto: divulgação

O grupo de medicina diagnóstica Fleury, dono dos laboratórios A+, Weinmann, Fleury, entre outros, registrou um aumento de 22% na procura por testes de covid-19 em dezembro na comparação com novembro, como reflexo da volta do crescimento da pandemia no País. A companhia começou a realizar testes em fevereiro e atingiu 1,896 milhão de exames no ano passado.

Só teste. O grupo Fleury informou à Coluna que, neste momento, não tem negociações com a indústria farmacêutica para a oferta da vacina contra o coronavírus em suas unidades. Até aqui, a companhia tem trabalhado unicamente com o diagnóstico. Além disso, a rede continua oferecendo imunizantes para os outros tipos de doença.

E vacina? Há chances, porém, de a vacina contra a covid-19 ser oferecida futuramente por empresas privadas no País. A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) já informou que o setor negocia a compra da Covaxin, imunizante fabricado pela farmacêutica indiana Bharat Biotech, mas cujos dados de eficácia ainda não são totalmente conhecidos.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Fleurypandemia#covid-19

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: