Dimensa, de B3 e Totvs, compra Vadu por R$ 40 milhões

Dimensa, de B3 e Totvs, compra Vadu por R$ 40 milhões

Karla Spotorno

02 de abril de 2022 | 10h30

Empresa é especializada em análise de carteira de crédito, com uso de IA   Foto: Pixabay

A Dimensa, joint venture da Totvs com a B3 que fornece software e infraestrutura para o mercado financeiro, acaba de comprar a startup Vadu por R$ 40 milhões. A Vadu é especializada na automação, monitoramento e análise de carteira de crédito para fintechs, bancos, factorings e outras empresas, com uso de inteligência artificial e big data.

A aquisição é a terceira da Dimensa neste ano. A joint venture também comprou a startup InovaMind Tech, de inteligência artificial e big data, e a desenvolvedora de aplicativos Mobile2you.

Segundo Guilherme Stuart, sócio da RGS Partners, que assessorou o negócio, as fusões e aquisições (M&A, na sigla em inglês) no mercado de tecnologia devem seguir aquecidas durante este ano. A própria RGS está envolvida em novas operações nesse segmento. Desde 2013, quando foi fundada por Guilherme e o gêmeo Renato Stuart, a butique atuou em operações envolvendo companhias como Stone, Opentech, IBOPEdtm, Remessa Online, inGaia, Loop, Webmotors, Hive, Oppa, Credihome, Boa Vista e Konduto.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 01/04/22, às 15h42.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

fintechsBancostotvsb3tecnologia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.