Direção da Oi passou por quarentena após reunião com pessoa contaminada

Direção da Oi passou por quarentena após reunião com pessoa contaminada

Circe Bonatelli e Mariana Durão

17 de março de 2020 | 04h58

Membros da diretoria da Oi, incluindo o presidente Rodrigo Abreu, entraram em quarentena como medida preventiva, após terem contato com um profissional de uma consultoria contaminado pelo coronavírus. Os executivos da tele ficaram um período preventivo em casa, passaram por exames e todos os testes tiveram resultado negativo. No momento, todos da direção estão bem, sem sintomas, e retornaram ao trabalho.

Sem pânico. A Oi informou que não há nenhum caso de Covid-19 reportado até aqui pelos seus funcionários. A companhia já adotou medidas preventivas, como cancelamento de eventos e incentivo ao home office.

Ajuda ao mundo. No fim de semana, a Oi decidiu abrir o sinal de alguns canais para todos os clientes de TV por assinatura, em apoio à recomendação dos governos de que a população permaneça em casa para conter a disseminação do coronavírus. A liberação da programação está prevista para acontecer de 14 a 28 de março. Entre os sinais abertos estão Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, H2, Lifetime, Cinemax, Sony, Canais Telecine, Comedy Central, VH1 Megahits e Paramount.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

 

Tudo o que sabemos sobre:

Oicoronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: