Diretor de negócios digitais do BB vai para o ABC Brasil

Diretor de negócios digitais do BB vai para o ABC Brasil

Coluna do Broadcast

10 Outubro 2018 | 04h00

O diretor de Negócios Digitais do Banco do Brasil, Marco Mastroeni, que renunciou ao cargo, está deixando a instituição pública para capitanear a transformação digital do ABC Brasil, controlado pelo Arab Banking Corporation.

O executivo deve primeiro cumprir um período de quarentena e, na sequência, assumir o desafio. Ele foi responsável por boa parte dos avanços na área digital que o BB teve nos últimos anos.

Não é o primeiro. Antes de Mastroeni, o ABC Brasil, que soma mais de R$ 30 bilhões em ativos, já tinha levado Gustavo Machado, do Santander, para comandar sua plataforma digital de investimentos para pessoas físicas. O ex-BB deve comandar uma diretoria que será focada na inovação e estratégias digitais do banco.

Dança das cadeiras. Com a saída do diretor de Negócios Digitais, o BB teve de fazer a fila andar. Em seu lugar, como foi anunciado, nomeou Paula Mazanék, bacharel em Direito e no banco desde 2001. Para a vaga de gerente geral de Captações e Investimentos, até então ocupada por ela, o Conselho Diretor do banco indicou mais uma representante feminina: Luciane Effting, antes gerente executiva na Unidade Private Bank do BB. Procurados, BB e ABC não Comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Mais conteúdo sobre:

ABC brasilBB