Diretoria da Amig vai defender alta da alíquota do minério de ferro

Coluna do Broadcast

28 de março de 2017 | 05h00

Representantes da recém empossada diretoria da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG) se reúnem, no próximo dia 5 de abril, com o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, para debater as dez medidas anunciadas pelo governo para a reforma do setor mineral. Uma das frentes de defesa da entidade é o aumento da alíquota do ouro e do nióbio, de 1% para 2%, e do minério de ferro, de 2% para 4%.

Da tumba
A criação do Novo Marco da Mineração era uma bandeira do governo de Dilma Roussef em seu primeiro mandato e retorna à pauta depois de alguns anos, agora no governo de Michel Temer.

 

Siga a @colunadobroad no Twitter

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.