Distribuidora de kits solares cresce 300% em meio à alta da energia

Distribuidora de kits solares cresce 300% em meio à alta da energia

Denise Luna

19 de janeiro de 2022 | 05h40

Mercado de energia solar tem crescido no País   Foto: Tiago Queiroz/ Estadão

A Win, distribuidora de equipamentos fotovoltaicos pertencente ao Grupo All Nations, fechou 2021 com crescimento de 300% em relação a 2021 na comercialização de kits solares utilizados em residências e empresas. Em capacidade, foram 100MW contra 30MW em 2020. A meta é triplicar as vendas novamente este ano, impulsionada pelas altas tarifas de energia no Brasil e a aprovação do novo marco legal da geração distribuída.

As previsões da empresa estão em linha com as perspectivas do mercado de energia solar no Brasil, que de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) terá sua capacidade instalada dobrada este ano, para 25 Gigawatts (GW). A maior parte desse volume, 17 GW, virá da geração distribuída, e o restante das grandes usinas.

A Win quer figurar entres as três principais empresas de distribuição de geradores fotovoltaicos no Brasil. Nos seus três anos de atuação, a empresa já forneceu equipamentos para mais de oito mil projetos de energia solar em residências, comércios, indústrias e propriedades rurais no País, espalhados por todos os estados brasileiros, sendo muitos deles para consumidores de média e baixa rendas.

Segundo a empresa, um fator de sucesso é o investimento pesado em estoques, um diferencial importante em tempos de forte demanda pelos equipamentos do setor e instabilidade no fornecimento. “Os recursos injetados pela companhia foram seis vezes maiores ao longo de 2021, e a perspectiva é manter em alta a disponibilidade de equipamentos para abastecer as empresas integradoras de projetos e instalação de sistemas fotovoltaicos neste ano”, informa.

A Win integra o Grupo All Nations, que tem faturamento anual de mais de R$ 1,5 bilhão e atua nos mais variados segmentos de tecnologia no Brasil, a partir de seus centros de distribuição espalhados pelo país, nos estados de Santa Catarina, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Também conta com escritórios de apoio logístico na China e EUA, e trabalha com as maiores fábricas do mundo.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 18/01/22, às 19h18.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.