Divisão da LafargeHolcim investe R$ 25 mi para transformar resíduo em energia

Divisão da LafargeHolcim investe R$ 25 mi para transformar resíduo em energia

Coluna do Broadcast

13 de dezembro de 2019 | 07h11

Por Cynthia Decloedt

A divisão do Grupo LafargeHolcim responsável pelo gerenciamento e destinação correta de resíduos industriais e domésticos ao redor do mundo, a Geocycle, investiu R$ 25 milhões em cinco unidades brasileiras da cimenteira. Nelas, são transformados em energia e matéria-prima mais de 170 mil toneladas de resíduos ao ano por meio do coprocessamento. Nesse processo estão, inclusive, a destinação ecológica ao óleo recolhido nas praias do Nordeste, que também está sendo transformado em energia.

Dois por um

O Brasil reúne 3% da população mundial, que gera 6,5% do lixo do planeta, ou resíduos que precisam ter destinação ambiental correta, segundo dados do Panorama de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe).

Contato: coluna.broadcast@estadao.coM

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: