Dólar em alta deixa Páscoa com vinhos e ovos de chocolate mais caros

Bianca Gomes

04 de março de 2020 | 05h00

O  preço dos ovos de Páscoa deve registrar alta de 2% neste ano em comparação com 2019, segundo dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas). Nos últimos 12 meses, a queda no preço do chocolate foi de 9,17%, mas a alta do dólar irá pressionar o preço para o consumidor.

Vinhos. Os vinhos, que têm a Páscoa como a terceira melhor época do ano em termos de vendas, também terão preços maiores entre 1,1% e 1,8%. Segundo a associação, além da pressão cambial, o número de brasileiros que tomam vinho aumentou.

Peixes. Durante a Quaresma, proteínas que não sejam carne vermelha também costumam aumentar. Os ovos de galinha devem subir entre 6% e 8%. Já os peixes, devem ter crescimento estimado entre 2,1% e 2,5%, dentro da média histórica para a época. Os que registram maiores altas são corvina (5%), cação (1,5% a 1,9%), camarão (0,9% e 1,9%) e bacalhau (0,5% a 1%).

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: