Dona da Farm tem demanda cinco vezes maior que volume de ações em IPO

Dona da Farm tem demanda cinco vezes maior que volume de ações em IPO

Por Fernanda Guimarães

28 de julho de 2020 | 05h00

Foto: Aline Bronzati/Estadão Conteúdo

Com boa presença nos canais digitais – moeda de ouro em tempos de pandemia -, o Grupo Soma, dono de gripes como Farm, Animale e Maria Filó, tem demanda superando em cinco vezes o volume de ações ofertado em sua abertura de capital com o papel no piso da faixa indicativa de preço, que vai de R$ 8,80 a R$ 11. No teto, a demanda está cobrindo o livro. A indicação, assim, é que o valor da ação em sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) fique no centro do intervalo.

Procura maior. A projeção é que a demanda cresça ainda ao longo dos próximos dois dias, visto que a ação será precificada no dia 29. Apontada como uma potencial consolidadora no varejo de moda, em um momento no qual empresas do setor estão fragilizadas como reflexo da crise que abateu o varejo não-essencial, a estreia da empresa na B3 será na sexta-feira, dia 31. A oferta inicial deve movimentar cerca de R$ 1,4 bilhão.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 27/07 às 17h48.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.