Dono do badalado restaurante Paris6 perde disputa no TJ

Dono do badalado restaurante Paris6 perde disputa no TJ

Cynthia Decloedt

18 de novembro de 2021 | 05h40

Tribunal de Justiça de São Paulo, onde a ação foi julgada  Foto: ALEX SILVA/ESTADAO

Isaac Azar, dono da badalada rede de restaurantes Paris6, perdeu na Justiça uma disputa aberta pela unidade licenciada localizada na Praça Vilaboim, no bairro de Higienópolis, região bastante movimentada e frequentada por uma clientela de classe média-alta de São Paulo. O contrato firmado em 2019 com a AEX Administração Investimentos e Participações para uso da marca por 10 anos foi extinto no ano passado, após investimentos de R$ 2 milhões.

O rompimento se deu após a AEX decidir descumprir regras que considerava abusivas vindas do Paris6 em meio à calamidade causada pelo isolamento da pandemia, como a não permissão para venda pelo sistema de delivery do famoso Grand Gateau, embora as lojas da rede própria já o fizessem. A Justiça deu ganho de causa ao licenciado, que foi representado pelos advogados Gabriel Rocco e Marcus Vinicius Pereira Lucas, do escritório Pereira Neto | Macedo Advogados.

Procurada, a Paris6 informou que, por se tratar de um caso em curso, prefere não se manifestar. A rede tem 25 restaurantes e está presente nas principais capitais do País.

Outras ações

Essa não é a única disputa na Justiça contra Azar. Os jogadores de futebol Elkeson e Muriqui, que atuaram no Botafogo e no Vasco, respectivamente, foram também à Justiça para serem ressarcidos em valor próximo a R$ 4 milhões por investimentos feitos em franquia da marca em Campinas. A apresentadora Marilia Gabriela também cobra R$ 1 milhão de Azar por investimentos feitos no restaurante, sem pagamento de dividendos aos quais alega que teria direito.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 17/11/21, às 19h03.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.