Drones se multiplicam no Brasil com ‘voadores irregulares’

Drones se multiplicam no Brasil com ‘voadores irregulares’

Coluna do Broadcast

30 de outubro de 2019 | 04h00

O número de drones no Brasil disparou nos últimos anos, mas pode ser ainda maior se contabilizados os voadores irregulares. Até setembro, eram 77 mil equipamentos registrados na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), um salto de 150% na quantidade de cadastros feitos em 2017.

Céu aberto. O exército real de drones, contudo, já deve beirar os 150 mil equipamentos, segundo o CEO da MundoGEO – que em novembro realiza em São Paulo o MundoGEO Connect e DroneShow Plus, Emerson Granemann. Seja para fins profissionais ou recreativos, são 50% os voadores irregulares. Estima-se que o Brasil represente em torno de 1% a 3% do total de drones comercializados em todo mundo, em 2019.

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

drone

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.