Easynvest estrutura crédito para pequenas empresas

Easynvest estrutura crédito para pequenas empresas

Coluna do Broadcast

22 de fevereiro de 2019 | 04h00

De olho no crescimento do volume de operações financeiras que o ambiente de retomada da economia pode trazer, a plataforma de investimento Easynvest montou uma área de estruturação de transações para o mercado de capitais. A ideia é lançar até R$ 500 milhões em ofertas em seis meses. Já estão em gestação lançamentos de debêntures, fundos imobiliários, certificados de recebíveis imobiliários (CRI) e letras financeiras (instrumentos de captação bancária). A nova área quer oferecer os serviços para empresas de menor porte para as quais os grandes do mercado não dedicam a devida atenção como potenciais emissores. A Easynvest pretende trabalhar com ofertas com tíquete médio entre R$ 20 milhões e R$ 60 milhões.

Dentro de casa. Do outro lado do balcão, a Easynvest quer oferecer retorno mais polpudo aos clientes que investem por meio de sua plataforma, grupo que compõe o principal público alvo das ofertas da nova área. Para incentivar a compra de papéis dessas emissões construídas na casa, a corretora promete garantir liquidez a esses papéis no mercado secundário. A Easynvest tem 310 mil clientes ativos e R$ 17 bilhões sob custódia. A corretora não usa agentes autônomos, como outras grandes do mercado.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

easynvestmercado de capitais