Economia pesa e faz mercado de seguros rever projeções para 2019

Economia pesa e faz mercado de seguros rever projeções para 2019

Coluna do Broadcast

09 de junho de 2019 | 04h00

O desempenho abaixo do esperado da economia brasileira já pesa nas projeções do mercado de seguros para 2019. A Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) espera que o setor cresça de 4,7% a 6,9% neste ano. O intervalo anterior apontava para expansão de 4,5% a 7,1%. Até março, cresceu 5,9% ante mesmo período de 2018.

Não andou. A nova projeção reflete o desempenho aquém do esperado em um dos principais segmentos do mercado no Brasil, o seguro de automóveis. A CNseg espera alta de 0,5% a 3,5% contra faixa de 5,4% a 7% em 2018. Também pesou o comportamento do segmento de pessoas, que inclui seguros de vida e acidentes pessoais.

Com a palavra. Para o presidente da CNseg, Márcio Coriolano, ficou mais difícil crescer neste ano diante de tantas variáveis jogando contra. “O aumento das incertezas, tanto na economia brasileira quanto em escala global, torna desafiador o exercício de fazer projeções”, afirma.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay, assine o Broadcast+

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.