Economistas do Plano Real perdem quórum após críticas à equipe econômica

Economistas do Plano Real perdem quórum após críticas à equipe econômica

Bárbara Nascimento e André Ítalo Rocha

30 de janeiro de 2020 | 05h09

Arminio Fraga FOTO: FABIO MOTTA/ESTADÃO

O painel de encerramento do primeiro dia do evento do Credit Suisse, que contou com a presença de três nomes de peso do Plano Real, começou lotado, com gente em pé em um salão de um hotel em São Paulo. O ânimo dos investidores presentes, contudo, foi se perdendo à medida que Persio Arida, Gustavo Franco e Arminio Fraga destilavam críticas à equipe econômica do governo Bolsonaro, considerada por eles menos liberal do que o vendido.

Desfavorável. Com um horário pouco atrativo, uma vez que era a última apresentação do dia, muitos foram deixando o salão e mesas inteiras ficaram vazias antes mesmo da sessão de perguntas, coordenadas pelo também ex-BC Ilan Goldfajn, hoje presidente do conselho de administração do Credit.

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.