EIG dá passo para fechamento de capital da Prumo

Coluna do Broadcast

31 de março de 2017 | 05h00

Depois de um imbróglio com minoritários em torno do preço da ação, um grupo de acionistas acredita que, por fim, a Oferta Pública de Aquisição (OPA) para o fechamento do capital da Prumo, capitaneada pela sua controladora EIG, será bem-sucedida. Principalmente após a confirmação do valor da ação em R$ 10,53. O preço consta na última revisão do laudo de avaliação feito pelo Brasil Plural. Mas existe ainda um receio: de que a Prumo seja afetada por delações no âmbito da Operação Lava Jato. A empresa é a ex-LLX, do falido império de Eike Batista, preso desde janeiro em uma das fases das investigações. EIG e Prumo não comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.