Eletrobras e BNDES vão à Bolsa de Nova York para destacar privatização a investidor

Eletrobras e BNDES vão à Bolsa de Nova York para destacar privatização a investidor

Amanda Pupo

24 de junho de 2022 | 17h20

Logos da Eletrobras na New York Stock Exchange (Nyse) Foto: REUTERS/Andrew Kelly

Representantes da Eletrobras, do governo e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) participaram nesta sexta-feira, 24, da cerimônia de toque do sino de abertura na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) para evidenciar o processo de privatização da empresa ao investidor internacional. O evento é similar ao que foi feito na B3, no último dia 14. O diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do BNDES, Fábio Abrahão, afirmou à Coluna que a presença institucional na Nyse se torna ainda mais importante em razão do perfil do mercado norte-americano, marcado por uma forte participação de pessoas físicas. “Aí você mostra a cara da administração. Isso faz muita diferença”, disse Abrahão, que participou da solenidade.

O diretor do BNDES apontou que a liquidez das companhias que estão fora dos Estados Unidos pode ser prejudicada quando a empresa não estabelece uma conexão com o investidor do país. “E a liquidez é elemento chave para a operação na bolsa”.

Além do toque do sino, reunião com investidores

Nesse contexto de aproximação, a viagem a Nova York também é marcada por outras agendas, além da cerimônia do sino. Segundo o diretor do BNDES, já foram realizadas reuniões com investidores, além de um encontro com a administração da Nyse.

Pela Eletrobras, participam da viagem o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, a diretora Financeira e de Relações com Investidores da empresa, Elvira Presta e outros integrantes da Diretoria Executiva. Além de Abrahão, do BNDES, o secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, marcou presença na cerimônia.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 24/06/22, às 16h50

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Tudo o que sabemos sobre:

eletrobrásprivatizaçãobndes#Nyse

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.