Elo entra na Whatsapp Pay, com planos para avançar forte no digital

Elo entra na Whatsapp Pay, com planos para avançar forte no digital

Cristiane Barbieri e Altamiro Silva Junior

09 de julho de 2021 | 05h30

Sistema de pagamento do WhatsApp Foto: WhatsApp

A Elo vai entrar no WhatsApp Pay, sistema que permite a transferência instantânea de recursos desde maio. A entrada já está em processo de certificação e deve ocorrer entre agosto e setembro.

A bandeira chega depois dos concorrentes, mas estaria trabalhando num plano para se reposicionar na corrida digital que o setor de pagamentos vive com intensidade. Estaria sendo montado, inclusive, um time de fusões e aquisições e venture capital, que prospectará negócios de tecnologia. Os sócios controladores, Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica, estariam bastante alinhados com a necessidade de disparar nessa disputa e manter a relevância no setor.

Com 15% de participação de mercado, os 150 milhões de cartões Elo movimentam cerca de R$ 300 bilhões por ano. Pesquisas da bandeira mostram que, em mercados que adotaram há algum tempo sistemas de pagamento instantâneo, há perda das transações com cartões de débito, entre 10% e 15%, nos primeiros dois ou três anos de adoção.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 08/07/2021, às 17h00.

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

EloWhatsApp PayCartões

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.