Em 11 meses, Santander Auto chega a R$ 64 milhões em prêmios emitidos

Em 11 meses, Santander Auto chega a R$ 64 milhões em prêmios emitidos

André Ítalo Rocha

29 de setembro de 2020 | 05h10

Denis Ferro Jr, CEO da Santander Auto. Credito: divulgação

Lançada em outubro do ano passado pelo Santander, a Santander Auto, seguradora digital que atua exclusivamente com veículos, chegou a R$ 64 milhões em prêmio emitidos e 42 mil contratos. Por enquanto, a seguradora trabalha apenas com clientes que financiam seu carro pelo Santander. Dos empréstimos do banco para o setor, 15% saem acompanhados do seguro, o dobro do que tinha no início do ano. A intenção é oferecer o produto a todo o mercado no ano que vem.

Pede passagem. Para impulsionar os resultados, a seguradora tem oferecido facilidades, como permitir que o cliente dilua o valor do seguro nas parcelas do financiamento do carro. Assim, o veículo é segurado por até 36 meses, sem necessidade de renovação do seguro de um ano para o outro.

Duas rodas. A Santander Auto também começou a financiar motos (a partir de 300 cilindradas) e scooters, além de ter lançado um produto específico para caminhões de circulação urbana. Uma parceria com o Banco Hyundai deve ser anunciada na semana que vem.

Sem rouba monte. Segundo Denis Ferro Junior, CEO da companhia, a intenção é explorar a parcela de brasileiros que não têm hábito de contratar seguros. Hoje, são 30 milhões de veículos circulando sem proteção, de acordo com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg).

contato: coluna.broadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

segurosautomóveis

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: