Em Davos, Guedes tenta destravar negócios no Brasil

Em Davos, Guedes tenta destravar negócios no Brasil

Economia & Negócios

22 de janeiro de 2019 | 05h00

O ministro da Economia, Paulo Guedes, abre sua agenda desta terça, 22, em Davos, com uma reunião que pode destravar a tentativa de unir os negócios das petroquímicas LyondellBasell, da Holanda, e Braskem, do Brasil. Logo cedo, Guedes recebe o presidente do conselho da holandesa. Sócia da companhia brasileira, a Odebrecht pretende juntar a operação das duas para ser parte de um grupo maior.

Elétrico.

Na sequência, Guedes deverá tratar de outro imbróglio. Terá reunião com o presidente da Iberdrola, José Ignácio Sánches Galán. No Brasil, o grupo espanhol controla a Neoenergia, que tem o Banco do Brasil como sócio e não é de hoje que a instituição financeira tenta se desfazer das ações. A Neoenergia também poderia participar das privatizações da Eletrobras. (Com Cristiane Barbieri)

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +