Empresa de software Ao³ quer morder 10% de mercado de ponto de vendas

Empresa de software Ao³ quer morder 10% de mercado de ponto de vendas

Cynthia Decloedt

03 de dezembro de 2020 | 05h00

A disputa pelo mercado de softwares para o varejo é grande e a movimentação das empresas não parou com a venda da Linx para a Stone. Companhias menores têm procurado preencher espaços com produtos e serviços em nichos específicos do comércio. A ao³, por exemplo, acaba de fechar parceria com a portuguesa XD Software, para a venda de softwares de pontos de venda para pequenos e médios empreendedores.

Para pequenos. Seus principais concorrentes são a própria Linx, Eleve da TOTVS, Senior e Consumer, que desenvolvem softwares com o mesmo perfil de clientes: bares, restaurantes, lanchonetes e salões de beleza. Com a parceria, a ao³ quer morder 10% desse mercado. É uma área em que, mesmo no meio à crise sanitária, contabilizou a abertura de 98 mil empreendimentos, de acordo com a pesquisa Mapa de Empresas, do Ministério da Economia.

Pedacinho. O mercado de ponto de venda representa um pedaço do que a Linx atende e gerou uma guerra entre Stone e Totvs para ficar com a empresa. Incluindo softwares de gestão, a Linx tem 45,6% do mercado de softwares para empresas de todos os portes no setor de varejo, segundo estudo mais recente “Software de Gestão para Varejo e e-Commerce” do IDC.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 02/12/2020 às 10:48:25 .

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Tudo o que sabemos sobre:

Ao³

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.