Empresas esperam retornar a lucro pré-pandemia somente em 2022

Empresas esperam retornar a lucro pré-pandemia somente em 2022

Cynthia Decloedt

01 de dezembro de 2020 | 05h22

Um grupo representativo de empresas brasileiras estimam que somente em 2022 retomarão os níveis de lucratividade registrados antes da pandemia.  Mas é no ano que vem, que muitos investimentos serão feitos em busca de recuperar o terreno perdido em 2020, quando toda a cadeia produtiva do brasil e do mundo foi abalada pela inesperada pandemia do covid-19.

Para não perder o trem. A pesquisa global navigator, patrocinada pelo HSBC e conduzida pelo Kantar, identificou que entre 200 empresários tomadores de decisão no brasil, 88% pretendem fazer investimentos em 2021, com foco no bem-estar dos funcionários (74%) e melhoria na experiência do cliente (71%). Os porcentuais superam o resultado das entrevistas com empresários de mais de 10 mil empresas no mundo, entre as quais a inclinação a investir em 2021 está na casa de 67%. Destinar recursos para canais de vendas e na segurança cibernética também são prioridade para mais de 70% dos empresários brasileiros.

Foco no ESG. A pesquisa revelou ainda que as empresas brasileiras pesquisadas acreditam mais do que as estrangeiras que os negócios de sucesso do futuro serão definidos por inovação (57% versus 44% globalmente), responsabilidade social (46% versus 32% globalmente) e responsabilidade ambiental (46% versus 30% globalmente). Nada menos do que 96% das empresas brasileiras esperam que suas vendas cresçam no próximo ano a partir de um foco maior na sustentabilidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.