Empréstimo com celular de garantia chega a 70% em fintech de microcrédito

Empréstimo com celular de garantia chega a 70% em fintech de microcrédito

André Ítalo Rocha

03 de novembro de 2020 | 20h34

A SuperSim, fintech de crédito focada nas classes C e D, decidiu apostar em empréstimos que têm o celular do cliente como garantia, depois da crise causada pela pandemia. O produto, que representava 20% dos financiamentos da SuperSim, já chega a 70%.

Zero a zero. Os financiamentos aprovados pela SuperSim têm valor médio de R$ 600 e o volume de pedidos cresceu nove vezes entre janeiro e setembro. Mesmo em um cenário pessimista, com prolongamento da crise, a previsão é pelo menos dobrar ou triplicar os empréstimos em 2021.

contato: coluna.broadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

microcréditosupersimcelular

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: