EMS tem seguro de até R$ 100 milhões para arcar com prejuízos de incêndio

EMS tem seguro de até R$ 100 milhões para arcar com prejuízos de incêndio

Economia & Negócios

24 de outubro de 2018 | 05h00

A farmacêutica EMS conta com uma apólice de seguros de até R$ 100 milhões para arcar com os danos do incêndio que atingiu sua fábrica localizada em Hortolândia, no interior de São Paulo, neste final de semana. O limite é suficiente para fazer frente ao prejuízo do ocorrido, que deve ficar entre R$ 30 milhões e R$ 40 milhões, conforme cálculos iniciais.

Vale lembrar

A apólice de seguro da EMS é liderada pela seguradora Starr International Brasil, do grupo Starr Companies, e tem cosseguro com a Austral, da Vinci Partners, que responde por 50%. Conta ainda com resseguro do IRB Brasil Re, na fatia da Starr, e da Austral Re, na parte da Austral. Procurada, a EMS não comentou. A Austral e Starr também não se manifestaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Tudo o que sabemos sobre:

EMSfarmáciaseguroincêndio

Tendências: