Enel tem alta de 14% na adesão de clientes a serviços digitais

Enel tem alta de 14% na adesão de clientes a serviços digitais

Wellington Bahnemann

24 de maio de 2020 | 04h17

REUTERS/Stefano Rellandini

As medidas de isolamento social para conter o novo coronavírus têm impulsionado a digitalização dos clientes da Enel Brasil, maior grupo de distribuição de energia do País. A empresa de origem italiana registrou crescimento de 14% na adesão dos consumidores de suas concessionárias em São Paulo, Goiás, Ceará e Rio Janeiro a seus serviços digitais desde o início da pandemia, em março. O grupo fornece energia elétrica para 17 milhões de clientes nos quatro estados.

Luz digital. A adesão diária à conta de luz digital da Enel teve alta de 190% na comparação com o período pré-quarentena. Só em São Paulo, esse crescimento foi de 270%. O número de downloads do aplicativo das distribuidoras também aumentou em 480% no mesmo período.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

enelserviços digitaiscoronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: