Enforce, do BTG, arremata créditos do BVA por R$ 70 milhões

Enforce, do BTG, arremata créditos do BVA por R$ 70 milhões

Coluna do Broadcast

11 Outubro 2018 | 04h00

A Enforce, do BTG Pactual, arrematou a carteira de crédito do falido BVA por R$ 70,7 milhões. Pagou, assim, o preço mínimo estabelecido pelo ativo de R$ 550 milhões em valor de face. A empresa, focada na recuperação de empréstimos vencidos e não pagos, já tinha levado uma carteira do banco, liquidado em 2014, e era dado como natural que comprasse o restante, uma vez que já tem exposição a boa parte dos devedores.

Apesar de mais interessados terem avaliado a carteira do BVA, somente a Enforce fez lance no leilão, realizado ontem, dia 10. Pesou para eventuais interessados, além do interesse declarado da empresa do BTG, o preço do ativo.

Vale lembrar. Há exatamente um ano, a Enforce levou R$ 2,3 bilhões em créditos vencidos do BVA por R$ 211 milhões em uma disputa travada com a Jive Investimentos. Ainda resta outra carteira do banco falido, no valor de R$ 500 milhões em créditos. Essa carteira é mais difícil de desovar, uma vez que estava enroscada em uma disputa judicial.

Com uma carteira de R$ 35 bilhões sob gestão, a Enforce já se equipara à Recovery, que tem foco no varejo, menos de três anos após o BTG ter vendido o negócio ao Itaú Unibanco. A empresa é uma partnership que conta ainda com os sócios da Leste Real Estate, especializados na gestão de imóveis com problemas de inadimplência. Procurado, o BTG não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Mais conteúdo sobre:

BTGBVA