Entidades se mobilizam para alterar nova lei de recuperação judicial

Entidades se mobilizam para alterar nova lei de recuperação judicial

Economia & Negócios

22 Maio 2018 | 04h00

Diante da chegada na Câmara há cerca de dez dias do projeto que modifica a lei de recuperação judicial de 2005, entidades que representam advogados e outras classes envolvidas na recuperação de empresas tentam fazer coro para evitar sua aprovação no atual desenho. Na primeira semana de junho um encontro fechado está sendo marcado com instituições para alinhar uma proposta alternativa. Existe torcida também para que o projeto não seja aprovado este ano, a fim de haver um melhor debate sobre o tema.

Leão
Na prática, segundo alguns advogados, o projeto que modifica a lei de recuperação judicial não melhora efetivamente as condições atuais. Há muitas contestações, por exemplo, com a relevância que o Fisco ganhou nos processos, o que, conforme eles, pode inviabilizar a recuperação das companhias em dificuldades. Somente na crise, pesquisas mostram que mais de quatro mil empresas tiveram de partir para o caminho da recuperação judicial já que não tinham fôlego financeiro para tocar a operação no dia a dia.

Siga a @colunadobroad no Twitter