Estreia da Caixa com empresas próprias na Bolsa fica para 2020

Estreia da Caixa com empresas próprias na Bolsa fica para 2020

Coluna do Broadcast

11 de agosto de 2019 | 05h00

A Caixa Econômica Federal pode ter sua estreia com negócios próprios na bolsa brasileira e no exterior somente em 2020. A ideia da nova gestão era capitanear a abertura de capital de ao menos duas empresas neste ano, compromisso firmado, inclusive, com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O atraso na estruturação dos negócios para que estejam aptos a serem alvo de uma oferta inicial de ações, porém, deve postergar os planos do banco público. Essa é a expectativa dentro da própria Caixa e dos bancos de investimento que assessoram essas operações.

Fila

No cronograma de abertura de capital em 2019 estavam o braço de seguros, cujas operações estão concentradas na Caixa Seguridade, e do negócio de loterias. Os IPOs das operações de cartões, que ficarão na Caixa Pay, e da gestora de recursos do banco já eram esperados para até abril do ano que vem. Mas com o atraso na agenda deste ano, essa fila deve ser jogada para frente.

Longo caminho

Há um esforço da gestão atual do banco para tentar ao menos a última janela do mercado de ações para listar a Caixa Seguridade. No entanto, para que sua operação de seguros esteja “redondinha”, todas as futuras parcerias comerciais e joint ventures, com duração de 20 anos e início em fevereiro de 2021, já devem estar estruturadas.

Fatias

Essa semana, a Caixa Seguridade deu largada à corrida pela segunda fase do seu balcão de seguros. Como na primeira etapa, somente parte dos futuros parceiros, aqueles interessados nos ramos de automóvel, consórcio, habitacional e residencial e capitalização receberam uma nova leva de informações para estruturarem seus lances até o dia 23. Os demais – com apetite por grandes riscos e massificados, saúde, odonto e assistência – devem ser contatados nos próximos dias, prolongando esta fase até setembro. Na sequência, quatro finalistas serão escolhidos para a etapa seguinte.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem delay, assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

Caixa Econômica FederalCaixa Seguridade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: