Ex-BC Isaac Sidney é cotado para suceder Murilo Portugal na Febraban

Ex-BC Isaac Sidney é cotado para suceder Murilo Portugal na Febraban

Coluna do Broadcast

27 de setembro de 2019 | 04h00

O ex-diretor do Banco Central Isaac Sidney é o principal nome cotado para suceder Murilo Portugal no comando da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O mandato atual termina em março do ano que vem. Portugal está à frente da associação dos bancos desde 2011. Apesar de já ter dado sinais de que desejava deixar o posto após quase uma década, há, nos bastidores, um grupo que tem suas dúvidas. As discussões para a escolha ou manutenção do presidente da Febraban já estariam em curso. Sidney desembarcou na Febraban em maio. Ele entrou no lugar do também ex-BC, Alvir Alberto Hoffman, que foi convidado a se retirar da federação para dar lugar ao colega. Ele, até então, era o escolhido a suceder Portugal no comando da Febraban.

Predestinado. No entanto, um grande banco indicou Sidney para a vaga de vice-presidente da Febraban, de olho no cargo. Entre outros associados, não há objeção em relação ao nome. Pelo contrário. Resta saber se Portugal vai tirar seu time de campo.

Com a palavra. Procurada, a Febraban informou que não comenta especulações. Sidney disse que “considera descabida qualquer especulação de seu nome numa posição distinta da que atualmente ocupa na governança interna da federação”. O presidente da Febraban, Murilo Portugal, afirmou que Hoffman não foi convidado a se retirar da posição de vice-presidente e que deicou o cargo por interesse. Ele declarou ainda que a “indicação de Isaac Sidney para a posição de vice-presidente da entidade, feita ao presidente do Conselho de Diretor, foi iniciativa pessoal sua, a qual foi prontamente aceita e unanimemente aprovada pelos membros do Conselho Diretor da entidade”.

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

febraban

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: