Exportação de sucata cresce com siderúrgicas abafando fornos

Fernanda Guimarães

13 de maio de 2020 | 05h02

São Paulo, 13/05/2020 – As exportações de sucata de ferro e aço, matéria-prima utilizada na produção de aço, estão crescendo neste ano diante da crise que reduziu a atividade das siderúrgicas no Brasil. Em abril, conforme os últimos dados disponíveis da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), as vendas externas atingiram 53,1 mil toneladas, aumento de 16% em relação ao mesmo mês de 2019. O presidente do Instituto Nacional das Empresas de Sucata de Ferro e Aço (Inesfa), Clineu Alvarenga, diz que mesmo com a pandemia os países da Ásia – onde se concentra a maior produção de aço do mundo – seguem comprando o insumo brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.