Fabricante de snacks Dori prioriza crescimento enquanto espera pelo IPO

Fabricante de snacks Dori prioriza crescimento enquanto espera pelo IPO

Cynthia Decoledt

03 de agosto de 2022 | 05h30

Foto: Divulgação

 

A fabricante de snacks salgados e doces Dori teve de recolher seus planos de levar a companhia à Bolsa no início do ano, mas não desistiu. Está aguardando uma melhora de mercado para retomar o projeto e enquanto isso dá prioridade ao resultado. No semestre, a Dori investiu R$ 33 milhões na ampliação da capacidade de produtos mais caros e na modernização de suas instalações.

A empresa fechou o trimestre com receita bruta recorde de R$ 398 milhões, enquanto o Ebitda (geração de caixa) avançou 35%, para R$ 48 milhões. As festas juninas e julinas ajudaram no resultado, com os produtos de amendoim à frente nas vendas.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 02/08/2022, às 16:49.O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse. 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

 

Tudo o que sabemos sobre:

doriIPOcrescimento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.