Família Klein também estuda vender fatia na via varejo para “pegar” tag along

Coluna do Broadcast

10 de março de 2017 | 05h00

Entre as principais possibilidades estudadas pela família Klein em relação à participação que detém na Via Varejo está a venda da fatia de 27,3% a um eventual novo controlador, que seria obrigado a obedecer ao “tag along”. Ou seja, o comprador da empresa teria que oferecer aos minoritários a oportunidade de vender seus papéis pelo mesmo preço pago nas ações do controlador, o Grupo Pão de Açúcar (GPA). A família é a maior acionista fora do bloco de controle.

Opção 2

Conforme informou a Coluna ontem, fundos de private equity procuraram o empresário Michel Klein para compor uma oferta pelo controle. Ele nega, porém, ter tido contato com qualquer fundo. A Via Varejo é a dona das Casas Bahia, fundada pelo pai de Klein, e do Pontofrio. A expectativa é que o processo de venda da empresa ainda possa se estender até terceira semana de abril.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.