FGM, de odontologia, entra no mercado americano e cresce mais de 40%

FGM, de odontologia, entra no mercado americano e cresce mais de 40%

Aline Bronzati

26 de dezembro de 2019 | 04h15

Foto: divulgação

 

Em mais um ano de superávit da balança comercial brasileira, a catarinense FGM, do segmento odontológico, teve um salto de mais de 40% nas exportações ao longo de 2019. Além de colocar os pés no mercado norte-americano, a empresa expandiu a atuação internacional e passou a atuar na China, nas Filipinas, no Iraque, no Egito e em Omã. Já Ucrânia e a França receberam novos produtos. Assim, a FGM está presente em mais de 100 países.

Para 2020. Pegando carona na época de planos para o ano novo, a FGM quer ampliar sua atuação mundial com foco na produção de clareadores dentais. O impulso virá com a nova fábrica, que entra em operação em 2020. A meta é ultrapassar dez milhões de unidades produzidas já no primeiro ano. No Brasil, a empresa tem 75% do mercado no segmento de clareadores dentais.

Notícia publicada no Broadcast dia 25/12/2019, às 10:43:43

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Tudo o que sabemos sobre:

FGModontologia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: