FIA oferece MBA gratuito para executivos fora do mercado com índice de recolocação de 70%

Luana Pavani

18 de dezembro de 2019 | 04h14

Além de redes sociais e networking, altos executivos que estão fora do mercado podem se valer de um MBA para tentar voltar à ativa. Uma opção é o CapExecutivo, gratuito, com professores da FIA e de empresas de recrutamento, como a Korn Ferry. O índice de recolocação dos estudantes do curso atualmente beira 70%, segundo o professor Almir Ferreira, coordenador do programa. Os alunos são executivos na faixa dos 40, em sua maioria, e que não perceberam a necessidade de se atualizar. Ao término do curso, partem para novas carreiras como consultores, empreendedores ou funcionários em novos ramos.

Balada, só que não. Para não atrapalhar as entrevistas e a busca por uma vaga, as aulas acontecem às noites de sexta-feira e aos sábados, em São Paulo. São 252 horas/aula presenciais, incluindo finanças, marketing, gestão de pessoas e empreendedorismo, entre outras cadeiras. Podem participar do processo de seleção profissionais que estejam desempregados há pelo menos quatro meses.

Funil. A concorrência é forte: são 35 vagas e cerca de 500 inscritos. Após prova de redação e de conhecimentos gerais e de estatística/matemática, três candidatos por vaga mais bem ranqueados passam por entrevista pessoal. Os professores, por sua vez, devolvem parte da remuneração (2/3) para ajudar no custeio do projeto. O curso é da FIA em parceria com a Associação Beneficente Anhembi e as inscrições da próxima turma, a 14ª turma, vão até 27 de janeiro.

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

 

Tudo o que sabemos sobre:

FIAKorn Ferryrecolocaçãodesemprego

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: