Fintech Celcoin chega a R$ 3 bi em transações e quer triplicar de tamanho

Renato Carvalho

19 de janeiro de 2020 | 05h00

A fintech Celcoin, que oferece serviços financeiros para pessoas sem acesso aos bancos, atingiu R$ 3 bilhões em transações realizadas no ano de 2019. O valor é três vezes maior que o de 2018. Foram 35 milhões de transações realizadas pelo aplicativo no ano passado. E para 2020, a empresa projeta investimentos de R$ 5 milhões, com a expectativa de triplicar de tamanho, atingindo 100 milhões de operações e R$ 9 bilhões em volume financeiro.

Dupla atuação. A Celcoin tem duas frentes de atuação. A primeira é o aplicativo, usado por 22 mil microempreendedores que oferecem serviços financeiros para a população desbancarizadas. Cerca de 65% das operações têm origem nas Regiões Norte e Nordeste. O outro serviço é um Hub, usado por mais de 80 fintechs, que por meio de uma plataforma integrada, conseguem disponibilizar saques para seus clientes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: