Fundo canadense deve concluir entrada na Iguá até fevereiro

Fundo canadense deve concluir entrada na Iguá até fevereiro

Circe Bonatelli

24 de janeiro de 2021 | 05h00

Estação de tratamento da Iguá Saneamento. Foto: Iguá Saneamento

A oferta do fundo de pensão Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB) pela Iguá Saneamento está mais perto de ser concretizada. A negociação ainda não está fechada, mas “muito bem encaminhada”, disse uma fonte. A ideia é terminar até fevereiro, dado que as partes permanecem ajustando os detalhes finais para assinatura do acordo, explicou uma segunda fonte – ambas diretamente envolvidas na negociação.

Oferta vinculante. Conforme antecipou neste mês a Coluna, o CPPIB fez uma proposta de valor total na ordem de R$ 1,2 bilhão, dos quais R$ 500 milhões para capitalização da Iguá e R$ 700 milhões para aquisição das ações do Bradesco e do fundo Cyan na empresa. Juntos, estes acionistas detêm entre 35% e 40% da companhia, contando participações diretas e indiretas.

Condições. Para prosperar, a oferta do CPPIB tem como condicionante o aceite de todas as partes. A sinalização foi positiva, mas a assinatura está aguardando o detalhamento dos termos. Se confirmada, a Iguá deverá abandonar, ao menos neste momento, a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) iniciada no último trimestre de 2020.

Ganha-ganha. Para a Iguá, é a chance de levantar recursos sem ter que lidar com as incertezas inerentes a um IPO e ainda receber no quadro societário o CPPIB, um acionista com governança corporativa reconhecida. Por sua vez, Cyan e Bradesco já estavam à procura de meios de realizar o desinvestimento e apurar ganhos de capital.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Iguá SaneamentoCPPIBIPO#bolsa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.