Fundo Carlyle deve fazer pequena venda em oferta de ações da Tok & Stok

Fundo Carlyle deve fazer pequena venda em oferta de ações da Tok & Stok

Fernanda Guimarães

24 de outubro de 2020 | 20h02

O fundo de private equity norte-americano Carlyle está levando um de seus investimentos mais importantes à Bolsa: a varejista de móveis e decoração Tok & Stok. O investimento foi feito há oito anos, mas a venda na oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) será pequeno. A fatia exata a ser vendida ainda será definida.

Estratégia. A decisão não seguirá o caminho de outros fundos, como o Advent, que saiu integralmente da varejista de materiais de construção Quero-Quero no IPO, e o Warburg Pincus, que fez uma venda bastante relevante na operação da loja de itens para animais de estimação Petz (mas ainda não saiu integralmente).

Crescimento. No caso da oferta de ações da Tok & Stok, o dinheiro que pode ir ao caixa da empresa servirá para o crescimento das operações, por meio do desenvolvimento de nova marca e aquisições oportunistas. Procurado, o Carlyle não comentou.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 23/10/2020 às 15:24
O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse
http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: