Fundo do Itaú capta R$ 750 milhões para investir em novas gestoras

Fundo do Itaú capta R$ 750 milhões para investir em novas gestoras

Altamiro Silva Junior

09 de setembro de 2021 | 05h40

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O Itaú quer estimular a criação da próxima grande gestora independente brasileira. O banco criou um fundo multimercado para investir em gestoras com potencial de crescimento, e conseguiu captar R$ 750 milhões. Com a conclusão dessa etapa, o maior banco privado do Brasil afirma estar em “negociações simultâneas com múltiplas gestoras” e promete revelar os primeiros negócios em breve.

O fundo é chamado de ‘Rising Stars’ (estrelas em ascensão) e teve aportes de clientes pessoas físicas de alta renda e investidores institucionais do Brasil e do exterior. A carteira está fechada para captação e os recursos serão destinados tanto para ‘seed money’, ou seja, investimento em gestoras nascentes, quanto para capital de giro das relativamente novas, com potencial de crescimento.

O banco promete oferecer ainda consultoria para as assets, de olho na chance de criar a próxima Verde ou SPX, ícones do mercado financeiro. A carteira será gerida pela Itaú Asset e pelo Itaú Fund of Funds.

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 08/09/2021 às 15h27.

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse
http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

Itaúfundogestorasrising stars

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.