GEF mira mais dois investimentos em 2020, com ‘cheque’ de US$ 20 mi cada

Fernanda Guimarães

31 de dezembro de 2019 | 04h00

A gestora de private equity GEF Capital Partners, focada em investimentos em empresas com alto potencial de crescimento, deve fazer mais dois investimentos em 2020, com ‘cheque’ de US$ 20 milhões cada. Os olhares estão em energia, agronegócio, soluções urbanas e alimentação sustentável.

Adeus ano velho. O último mês de 2019 foi cheio para a GEF. Na semana passada foi concluída a venda de sua participação na AGV, operador logístico do segmento de saúde animal, para a Femsa, maior engarrafadora da Coca-cola na América Latina que, por meio de seu braço logístico Solistica, adquiriu a totalidade da companhia. Também neste mês a gestora vendeu sua participação na Tecverde, empresa de tecnologia de construção, para a E2E, joint venture entre Etex e a Arauco. A transação ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.