Getnet, do Santander, escala executivo para avançar sobre a Pagseguro

Getnet, do Santander, escala executivo para avançar sobre a Pagseguro

Economia & Negócios

09 Agosto 2018 | 04h00

A GetNet, adquirente do Santander, nomeou um executivo para focar especificamente na venda de máquinas para pequenos empreendedores, por meio da SuperGet. Na empresa há três meses, Ronaldo Rondinelli será responsável por deslanchar a operação, com o conceito de que ele será “CEO do produto”. Com mais de 20 anos de Santander, o executivo respondia anteriormente pela diretoria de universidades do banco.

Repaginada. A SuperGet é a aposta do Santander, por meio da GetNet, para vender máquinas que capturam transações com cartões (POS, na sigla em inglês) para pessoas físicas e pequenos empreendedores, os MEIs, mesmo alvo da concorrente PagSeguro. A maquininha acaba de ser rebatizada e teve seu modelo revisto. Antes, era chamada de Vermelhinha. Agora, além do novo nome, ainda efetua o pagamento ao lojista em até dois dias.

Batata quente. A ofensiva do Santander junto aos MEIs para crescer em adquirência teve início há quase um ano, a partir da adoção do modelo de venda de máquinas, indo além do tradicional aluguel. Na sequência, Cielo, de Bradesco e Banco do Brasil, e Itaú Unibanco, por meio da Credicard com a “família Pop”, também entraram nesta arena.

Siga a @colunadobroad no Twitter