Grupo de aposentados da Petros pede solução para plano de equacionamento

Grupo de aposentados da Petros pede solução para plano de equacionamento

Coluna do Broadcast

13 de junho de 2019 | 04h00

Aposentados participantes da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobrás, protocolaram carta aberta aos dirigentes da petroleira, da BR Distribuidora e da fundação, pedindo celeridade nos esforços para “solução negociada do Plano de Equacionamento”. Os 1.400 aposentados que assinam o documento questionam ainda investimentos que se provaram ruins e dívidas da Petrobrás, que não são cobradas pela Petros.

Outro lado. Procurada, a Petros informou que implementou o plano de equacionamento do déficit técnico de 2015 do Plano Petros do Sistema Petrobrás, em cumprimento a uma exigência legal. A fundação reconhece, contudo, “as dificuldades geradas pela necessidade de equacionamento e tem se empenhado em buscar alternativas”.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

petros

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.