Guiabolso aguarda aval do BC para fazer parte do sistema financeiro

Guiabolso aguarda aval do BC para fazer parte do sistema financeiro

Cynthia Decloedt

18 de junho de 2021 | 05h30

Com ideia de entrar no fluxo de troca de informações de clientes que virá na próxima fase do openbanking, o Guiabolso aguarda resposta do Banco Central para ser um iniciador de pagamento e, com isso, fazer parte do sistema financeiro. A ideia é ampliar o escopo dos serviços que oferece e ter acesso a um histórico maior e ao grande fluxo de informações que passará a ser trocado sobre clientes, com o ingresso do sistema financeiro no openbanking.

Nascida como uma consultora financeira no celular, a empresa oferece serviços que, de certa maneira, anteciparam as inovações do openbanking. Para organizar a vida financeira, por exemplo, sempre teve acesso a extratos, faturas de cartão, cadastros, extratos, saldos, limites, investimentos de seus 6 milhões de  usuários, em três grandes bancos e três maiores fintechs. As informações capturadas relatam transações de três meses.

Armazenar informações, porém, não é tudo. O Guiabolso produz matrizes de análise, o que tem atraído instituições que querem acelerar esses processos internamente. O Banco Pan, por exemplo, fechou recentemente parceria com o GuiaBolso para ter acesso à sua base de dados e análises, para buscar eficiência nas operações de crédito nas classes CDE. O Guiabolso tem hoje 15 parcerias deste tipo com instituições menores e afirma que poderá alcançar 40 até o fim do ano, incluindo outras concorrentes maiores do mercado.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 17/06, às 18h23.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

guiabolsoBanco Centralfintech

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.