Hidrovias do Brasil inicia projeto com a Weg para eletrificar embarcações

Hidrovias do Brasil inicia projeto com a Weg para eletrificar embarcações

Juliana Estigarríbia

14 de abril de 2021 | 18h19

Embarcações da Hidrovias do Brasil. Foto: João Ramid/Hidrovias do Brasil

A Hidrovias do Brasil, que atua no transporte de cargas em rios, acaba de assinar contrato com o estaleiro Belov, da Bahia, para a construção de duas embarcações elétricas. O projeto tem parceria com a Weg, que está desenvolvendo de maneira conjunta motores e integração elétrica.

As barcaças para transporte hidroviário são impulsionadas pelos chamados empurradores, hoje movidos a diesel. A Hidrovias será a primeira empresa do mundo a eletrificar os empurradores de manobra, usados para atracagem no porto. Em um segundo momento, toda a frota desses equipamentos será convertida para elétricos.

Empresa tem forte presença na Amazônia

Para Fabio Schettino, CEO da Hidrovias do Brasil, as melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG) são um caminho sem volta, especialmente em águas amazônicas, nas quais a empresa tem forte atuação. Um comboio de barcaças transporta o equivalente a 1.500 caminhões. Hoje, a Hidrovias tem 14 empurradores principais e 6 auxiliares (de manobra), que vão compor a frota de 340 barcaças.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 14/04, às 14h57.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

infraestruturahidrovias brasilWeg

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.