Fundos recebem ações da Vale e mercado aguarda venda

Fundos recebem ações da Vale e mercado aguarda venda

Fernanda Guimarães

12 de fevereiro de 2021 | 05h05

Poucos dias depois da Litela, holding que concentra participação de fundos de previdência de estatais na Vale, distribuir grande parte das ações que carregava para seus donos, a grande roda de aposta do mercado é sobre quando as fundações farão suas vendas. A Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil) tem 80% da Litela e a Funcef (dos empregados da Caixa Econômica Federal) e o Petros (dos funcionários da Petrobras) dividem o restante. O consenso é de que Petros e Funcef sejam os primeiros e aproveitem para fazer caixa, já que ambos precisam. Já para a Previ, o maior fundo de pensão do País, a previsão do mercado é de uma venda mais lenta. O momento, de qualquer forma, é oportuno. O preço do minério de ferro, produto carro-chefe da mineradora, segue firme no pico, acima de US$ 160.

Distribuição de ações de holding para fundos tem estratégia tributária

Além do motivo óbvio do fim do acordo de acionistas da Vale, encerrado em novembro, a distribuição das ações da holding aos fundos tem uma lógica matemática. Ou melhor: tributária. Se as fundações fizerem a venda das ações de forma direta não haverá a cobrança sobre ganho sobre capital, por terem isenção. Dessa forma, não seria tributariamente eficiente que a venda fosse feita pela holding, que pagaria 15% sobre o ganho.

No começo da semana, a Litela anunciou que distribuiu 504.801.150 ações da Vale. Desse volume, 406.981.677 foram para as mãos da Previ. A Litela ainda é acionista da Vale com participação remanescente de 0,29%. Com a mudança de bolso, a Previ para a ser detentora direta de 10,2% de participação na mineradora.Procurados, os fundos de pensão não comentaram.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 11/02/2021, às 16:45:30.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

vale#fundosaçõespetrosPreviFuncef

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.