Homologação de plano da Schahin pode levar Deutsche à Justiça trabalhista

Coluna do Broadcast

17 de março de 2017 | 05h00

O plano de recuperação judicial da Schahin aprovado em segunda instância nesta semana, além de representar um revés para os bancos que defendiam a falência da empresa, pode trazer problemas ao Deutsche Bank. Advogados ressaltam que o juiz reconheceu como controladores da Schahin fundos que compraram um crédito de mais de US$ 1 bilhão do Banco Mizuno, entre os quais um do Deutsche Bank no exterior.

Na Justiça

Isso quer dizer que fundos que levaram o crédito podem ser cobrados por passivos no processo de recuperação, especialmente os trabalhistas, dado o rigor da Justiça do Trabalho. O Deutsche não comentou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.